Bynho conferiu no Tom Brasil, o show do Humberto Gessinger e Biquíni Cavadão

A expectativa se justificava. Afinal quem não quer ver esses dois ícones do Rock e Pop Nacional juntos numa apresentação de altíssimo nível?

Biquíni Cavadão e Humberto Gessinger fizeram parte da minha adolescência e da minha formação musical, mesclando o carisma e energia do primeiro com a inovação e a técnica apurada do segundo. Uma dobradinha dessa para nosso deleite propõe clássicos eternizados como “Janaína”, “Toda forma de poder”, “Zé ninguém” e “Todo mundo é uma ilha”, que ainda hoje fazem imenso sucesso até em videokê, imagine então cantadas por suas vozes originais?

humberto-gessinger
A princípio fiquei meio desconfiado do show do Humberto pelo fato de ele ter sumido da mídia, mas me surpreendi! O cara mostrou um desempenho técnico exemplar aliado a uma presença de palco cativante, transformando um Power trio numa Big Band, e foi impossível evitar o saudosismo. Ora martelando o baixo, ora tocando sanfona, encheu os olhos e o imaginário da plateia, e quem não era fã passou a ser.

 

Já o Biquíni Cavadão deu um show à parte. Bruno Gouveia e sua trupe já estão acostumados a derrubar o barraco por onde passam, e essa noite não foi diferente. Com direito a jogar água na galera, coordenar os movimentos do público com barras sinalizadoras (!) e chamar uma fã enlouquecida para cantar e dançar junto no palco.


A banda mostrou o motivo de estar a mais de 30 anos fazendo sucesso nesse nosso circuito musical desgastado no palco do Tom Brasil. Destaque também para a tecnologia, eles abusaram da sincronização entre telão, iluminação e movimento deixando tudo ainda mais com cara de mega espetáculo.

Muito satisfeito com a aposta da combinação dos dois novos trabalhos. Noite foda, com gosto de quero mais. Inesquecível!

Rubens Candido (Bynho)

Banda A

Facebook

1 comentário em “Bynho conferiu no Tom Brasil, o show do Humberto Gessinger e Biquíni CavadãoAdicione o seu →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *